O Montepio teve prejuízos de 187 milhões de euros no ano passado. Os resultados do exercício foram enviados esta sexta-feira à Comissão de Mercado e Valores Mobiliários.

O prejuízo é, no entanto, menor que o de 2013, que se fixou em 298,6 milhões de euros. Diz o banco que «excluindo os efeitos não recorrentes verificados no decurso do ano de 2014, o resultado Líquido fixar-se-ia em 87,1 milhões de euros».

 A margem financeira do banco aumentou 111 milhões em termos homólogos. «Esta melhoria, que consolida a tendência que se vem verificando desde o último trimestre de 2013, influenciou o produto bancário, que evidenciou um acréscimo homólogo de 406,8 milhões de euros, totalizando 784,5 milhões de euros».

Os depósitos de clientes subiram 1,4%, atingindo um total de 14,2 mil milhões. Os recursos totais de clientes, incluindo recursos fora de balanço, cifraram-se em 17,37 mil milhões, um aumento homólogo de 0,3%.