As declarações feitas esta quarta-feira pelo presidente do Banco BPI, Fernando Ulrich, sobre o Montepio são "lamentáveis", segundo fonte oficial do banco mutualista, que acusa o rival de tentar desviar as atenções dos problemas do seu próprio banco.

"As declarações do presidente do BPI, conforme vieram relatadas na imprensa, são no mínimo lamentáveis", afirmou à agência Lusa fonte oficial do Montepio.

E acrescentou: "Mas percebe-se que as duas operações falhadas - a oferta pública de aquisição (OPA) lançada pelo CaixaBank e a proposta de fusão com o BCP lançada pela Santoro -, mais os graves problemas em Angola que o BPI tem, levem o seu presidente a desviar as atenções para outros bancos".

Na apresentação de resultados do primeiro semestre do ano, Fernando Ulrich, sem se referir a um banco em particular, disse: "Como é que há clientes que são clientes de determinadas entidades?".