O Montepio Geral teve um resultado líquido negativo de 19,8 milhões de euros entre janeiro e março, que compara com o lucro de 9,8 milhões de euros obtido em igual período de 2015, informou hoje a entidade.

No comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o banco mutualista sublinhou que esta evolução é explicada pelo "impacto, em custos operacionais, do processo de racionalização da estrutura operativa, no âmbito do plano estratégico em vigor, e que tem como objetivo o redimensionamento dos recursos afetos à atividade".

Os custos relacionados com este processo ascenderam a 9,2 milhões de euros, especificou o Montepio, que antecipa que os impactos positivos resultantes do mesmo vão atingir os 35 milhões de euros até ao final do ano.