O lucro do HSBC cresceu 23% nos primeiros nove meses do ano, para 13.484 milhões de dólares (9.988 milhões de euros), face a igual período do ano anterior, anunciou esta segunda-feira a instituição financeira britânica.

Num comunicado envidado à Bolsa de Valores de Londres, o maior banco da Europa justifica o lucro nos primeiros nove meses com os «bons resultados» em Hong Kong, o que se deve à estreita relação deste mercado com o resto do território chinês.

O resultado líquido alcançado pelo banco britânico nos primeiros nove meses do ano passado atingiu os 10.936 milhões de dólares (8.101 milhões de euros), salienta no comunicado.

O resultado líquido antes de impostos situou-se nos 18.601 milhões de dólares (13.779 milhões de euros), mais 15% quando comparado com idêntico período do ano anterior.

O resultado operacional do HSBC, no período em análise, foi de 16.758 milhões de dólares (12.414 milhões de euros), o que corresponde a um acréscimo de 24,4%, em relação ao período compreendido entre janeiro e setembro do ano anterior.