O grupo luso-angolano BIC, que tem em Cabo Verde o BIC IFI (instituição financeira internacional), pretende comprar um banco comercial no arquipélago, disse esta sexta-feira na Cidade da Praia fonte oficial.

A intenção ficou expressa numa conferência de imprensa em que estiveram presentes o presidente do Conselho de Administração do BIC Angola e BIC Portugal, Fernando Teles, o presidente da Comissão Executiva do BIC Portugal, Mira Amaral, e o administrador do BIC Portugal, Jaime Pereira.

Fernando Teles, Mira Amaral e Jaime Pereira não indicaram qual o banco comercial em vista, sublinhando estar tudo ainda em aberto, mesmo a manutenção das operações através da IFI que mantém em Cabo Verde, admitindo, porém, que tem havido contactos com o Governo, banco central e os quatro bancos locais.

No arquipélago existem quatro bancos comerciais - Interatlântico (BI) e Comercial do Atlântico (BCA), ambos detidos maioritariamente pelo Grupo Caixa Geral de Depósitos (Grupo CGD), o Cabo-Verdiano de Negócios (BCN), ligado ao BANIF, e a Caixa Económica de Cabo Verde (CECV), cujos principais acionistas são empresas públicas locais (Segurança Social e Correios) e a Geocapital.