A Fitch decidiu baixar o rating de quatro bancos portugueses: BCP, BPI, Montepio e Banif, devido às alterações das regras a nível europeu tornarem mais improvável o apoio estatal às instituições financeiras. 

Todos os bancos já estavam ao nível de lixo financeiro. O BCP vê o seu rating de longo prazo descer de BB+ para BB-, enquanto o BPI passa de BB+ para BB.
 
No caso do Montepio a descida é de BB para B+ e o Banif cai de BB para B-, uma descida de quatro níveis. É o banco mais penalizado.
 
Segundo a agência de notação, o Outlook é estável para o BCP, Montepio e Banif. Já no caso do BPI, a Fitch subiu o banco para vigilância positiva.
 
Apesar do regresso aos lucros, segundo a agência, a rentabilidade da banca portuguesa vai manter-se baixa, devido aos baixos níveis das taxas de juro e também devido ao risco associado aos dos ativos e pela descida dos spreads nos empréstimos.
 
Outro risco apontado pela agência de notação está relacionado com a venda do Novo Banco, uma vez que eventuais perdas vão ter de ser assumidas pelos bancos, a longo prazo.