As autoridades chinesas estão a investigar Zhang Yun, presidente do Banco Agrícola da China, o terceiro maior do país, por corrupção, escreve esta quarta-feira o diário oficial China Daily.

Este é o cargo de maior relevância no setor financeiro chinês a ser atingido pela campanha anticorrupção lançada pelo Presidente Xi Jinping.

O China Daily citou uma informação da revista financeira Caijing, segundo a qual Zhang estaria a colaborar com a investigação sobre as suas alegadas irregularidades e já tinha sido destituído do cargo no comité do Partido Comunista da China no banco.