O BPI vai fechar mais 25 agências a 30 de setembro, segundo uma nota informativa interna do banco, a que a Lusa teve acesso.

Este encerramento de balcões faz parte de um processo que já vem acontecendo há algum tempo no banco liderado por Fernando Ulrich, com vista a diminuir custos, e que é para continuar, como admitiu o gestor em junho, na apresentação de resultados do primeiro semestre.

"Não vou dar dados concretos sobre o que vamos fazer até ao fim do ano. Certo é que com um crescimento [económico] fraco a moderado, taxas [de juro] baixas e muita oferta no setor bancário, o tema dos custos vai ser um tema importante durante muito tempo", afirmou o banqueiro.