O fundo neozelandês New Zealand Superannuation confirmou esta terça-feira que avançou com um processo judicial contra o Banco de Portugal.

O processo, interposto em território português, questiona a validade da decisão do regulador de não transferir o empréstimo da Oak Finance do BES para o novo Banco, aquando da resolução.

Em, comunicado no seu site, o fundo esclarece que já em fevereiro deu entrada nos tribunais do Reino Unido um processo contra o novo Banco, com o objetivo de recuperar o montante em dívida.

«O fundo está a trabalhar em conjunto com a Oak Finance nas duas ações legais», remata.

O New Zealand Superannuation Fund tem uma exposição de 150 milhões de dólares (142 milhões de euros) ao empréstimo da Oak Finance.

Esta entidade foi constituída pelo Goldman Sachs e recebeu fundos de investidores para depois emprestar 784 milhões ao BES em Julho de 2014.