A unidade portuguesa do BBVA vai encerrar 43 das 81 agências que tem no país e iniciar um processo de despedimento coletivo de 177 dos 750 funcionários, escreve o Jornal de Negócios.

O objetivo da reestruturação é garantir a sustentabilidade do banco em Portugal. A decisão foi comunicada esta terça-feira aos funcionários da instituição.

 A reestruturação deve-se à sequência de três anos de resultados líquidos negativos. Desde 2011 que se acumula um prejuízo de 186 milhões. Só em 2013, o resultado negativo da instituição financeira foi de 111,3 milhões de euros.

 «O BBVA vai manter a sua presença em Portugal (ainda que com eventuais ajustes nos negócios que desenvolve) porque Portugal é um mercado de grande inter-relação com Espanha, a principal geografia do grupo» garante fonte oficial ao jornal.