O banco britânico Barclays foi o que teve mais reclamações de clientes, em 2013, no crédito ao consumo e nas contas de depósito, enquanto o BIC liderou as queixas referentes a crédito à habitação.

Banco de Portugal recebeu 68 reclamações por dia em 2013

O Banco de Portugal divulgou hoje o Relatório de Supervisão Comportamental de 2013, ano em que houve 17.911 reclamações por parte dos clientes bancários, mais 15% do que em 2012.

As queixas sobre crédito aos consumidores e crédito à habitação foram as que mais aumentaram em 2013, enquanto as reclamações relativas às contas de depósito diminuíram ligeiramente, posicionando-se, ainda assim, no segundo lugar entre as matérias mais reclamadas.

Regulador aplicou coimas de meio milhão de euros em 2013

O Barclays foi o banco em que os clientes mais se queixaram sobre o crédito ao consumo, com 291 queixas por 100 mil contratos, seguido do FCE Bank (de financiamento automóvel, com 259) e o Banque PSA Finance em Portugal (1,83).

Já entre os principais bancos portugueses, o destaque sobre reclamações referentes ao crédito ao consumo vai para o Montepio Crédito, ao ocupar o 5.º lugar com 152 queixas por cada 100 mil contratos. Também o Banif Mais, Caixa Leasing e Factoring (da CGD), Banco Santander Consumer Portugal, Banif e Caixa Económica Montepio Geral ficam acima da média do sistema, que foi em 2013 de 48 queixas por 100 mil contratos.

Nas contas de depósito, o Barclays voltou a liderar nas reclamações, com 121 por 100 mil contas de depósitos à ordem, enquanto o Banco ActivoBank (do Millennium BCP) teve a média de 59 e o Deutsch Bank ¿ sucursal em Portugal de 52.

Santander Totta, BCP e BES tiveram também uma média de reclamações acima da média do sistema, que foi o ano passado de 21 reclamações por 100 mil contas.

Já no crédito à habitação, o ano passado, o banco que teve mais queixas por parte dos clientes foi o Banco BIC Português, com 345 por 10 mil contratos de empréstimos à habitação, seguido do Barclays, com 287, e do Santander Totta, com 211.

A Caixa Económico Montepio Geral ficou acima da média do sistema (101 por cada 10 mil contratos) quanto às reclamações sobre crédito à habitação.

À semelhança deste ano, também em 2012 o Barclays estava nos lugares cimeiros das reclamações. Era a instituição com mais queixas nos depósitos à ordem (183 por 100 mil contas) e crédito à habitação (249 por 10 mil contratos) e no terceiro lugar no crédito ao consumo (150 por 100 mil contratos).