Os banqueiros foram chamados esta manhã ao Ministério das Finanças. A TVI apurou que a oferta de compra do BPI e o cenário de fusão com o BCP foram dois dos motivos da reunião com Maria Luís Albuquerque.

A reunião com a ministra começou antes das 8:00 e durou mais de três horas.

Já passava das 11:00 quando Nuno Amado, presidente do BCP, Fernando Ulrich, presidente do BPI, e José de Matos, da Caixa Geral de Depósitos, saíram do ministério das finanças, como se pode ver pelas imagens recolhidas pela TVI.
No encontro esteve também faria de oliveira, presidente da Associação Portuguesa de Bancos.

A reunião realizou-se numa altura em que está em curso uma oferta de compra do BPI e há uma proposta de fusão entre este banco e o BCP, que criaria o maior banco português.

Para além disso, está já a decorrer o processo de venda do novo banco.

Questionado pela TVI sobre o motivo da reunião, o ministério da finanças disse apenas que há encontros regulares com os banqueiros.