O Banco Popular Portugal fechou o exercício do ano passado com um lucro de 2,3 milhões de euros, uma melhoria face ao prejuízo de 31,7 milhões de euros registado em 2013, informou esta quarta-feira a entidade.

A margem financeira cresceu 2,9% para 124,7 milhões de euros, enquanto o produto bancário aumentou 0,3% para 172,3 milhões de euros, segundo o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

Os ativos totais sob gestão baixaram 6,8% para 9,4 mil milhões de euros, com os recursos de clientes a subirem 0,5% para 5,1 mil milhões de euros, ao passo que o crédito concedido cresceu 4,8% para 5,8 mil milhões de euros.

O rácio de solvabilidade fixou-se em 12,1% no final de 2014, com o rácio 'core tier 1' (medida mais eficaz para avaliar a solvabilidade de um banco) a ascender a 11,5%.

O número de colaboradores do banco manteve-se estável face a 2013, com um total de 1.299 trabalhadores em Portugal, tal como o número de agências (173 no final de 2014 contra 174 no final de 2013).