O banco Montepio teve 13 milhões de euros de lucros no primeiro semestre, o que compara com prejuízos homólogos.

Segundo a Caixa Económica Montepio Geral (CEMG), o resultado deve-se ao aumento dos proveitos bancários e à redução das imparidades e custos operacionais que recuaram 25% para os 137 milhões de euros.

Redução de custos que também passou pelo processo de reestruturação que, no ano passado, levou à saída de trabalhadores, bem como ao fecho de balcões.

O presidente da CEMG, José Félix Morgado, salientou que resultados positivos obtidos pelo banco no primeiro semestre, antecipando um regresso aos lucros em termos anuais já este ano.

Este já é o segundo trimestre consecutivo com resultados positivos, na linha daquilo que era o plano estratégico, e o resultado tem uma recuperação bastante significativa, de cerca de 81 milhões de euros", assinalou à Lusa.