A Associação Mutualista Montepio Geral realizou na quinta-feira a assembleia-geral ordinária em que foram votadas e aprovadas as contas de 2015, ano em que registou um prejuízo de 393 milhões de euros.

A reunião magna decorreu na sede da Associação Mutualista em Lisboa, tendo contado com a participação de 381 associados e tendo sido aprovados os cinco pontos da ordem de trabalho, de acordo com a informação passada por fonte oficial da entidade a pedido da Lusa.

Da ordem de trabalhos da assembleia-geral constava a deliberação sobre o Relatório e Contas Individuais (aprovado por maioria, com 13 votos contra), sobre o Parecer do Conselho Fiscal referente a 2015 (aprovado por maioria, com um voto contra), assim como o Relatório da Atividade do Conselho Geral e o Relatório da Atividade da Comissão de Vencimentos, ambos relativos a 2015, e ambos apreciados favoravelmente pelos associados, já que não estavam sujeitos a votação.