A TAP colocou à venda os terrenos que envolvem a sede, escritórios e oficinas da transportadora aérea junto ao aeroporto da Portela, avança o Jornal de Notícias.

Faz parte das medidas de reestruturação da empresa para reduzir o passivo e racionalizar os ativos do grupo. Na lista constarão os franceses da Vinci, donos da ANA.

Os terrenos estão avaliados em 146 milhões de euros, segundo um relatório da Parpública do primeiro semestre de 2014.

Segundo o jornal, o interesse da ANA na compra dos terrenos conta com um motivo adicional: a TAP terá dívidas à ANA, pelo que esse aspeto deverá ser tido em conta no âmbito de um eventual negócio.