Um dos principais sindicatos de pilotos alemães apelou, este domingo, a uma nova greve destes profissionais na Lufthansa a partir de segunda-feira, devido a uma discordância relacionada com as condições de reforma.

A greve deverá prolongar-se desde as 11:00 de segunda-feira até às 22:59 de terça-feira e vai afetar os voos de curta e média distância na Alemanha, mas também as ligações aéreas de longo curso, refere um comunicado divulgado pelo sindicato dos pilotos Vereinigung Cockpit.

A decisão vem no seguimento do fracasso da última reunião de negociações com a administração da companhia aérea alemã, ocorrida na noite de sexta-feira.