A greve de trabalhadores da companhia aérea Lufthansa não deverá ter impacto hoje nos voos agendados para os aeroportos portugueses, segundo fonte da empresa, que cancelou 136 viagens previstas para o dia, na grande maioria intercontinentais.

Ao quarto dia de greve do pessoal de cabine, a Lufthansa cancelou hoje 136 voos com origem ou destino nos aeroportos de Frankfurt, Munique e Dusseldorf: 126 são intercontinentais e os restantes dez são voos de ligações dentro da Europa.

“Os voos cancelados são praticamente todos intercontinentais e fazem escala na Alemanha. Por isso, a greve de hoje não deverá afetar os voos” com chegada ou partida previstas para os aeroportos portugueses, disse à agência Lusa fonte da transportadora alemã.