A greve dos controladores de tráfego aéreo em França não está para durar. Depois de várias horas de reunião entre o secretário de Estado dos Transportes, Frederic Cuvillier, e o sindicato Unsa-ICNA, foi assegurado que a partir de amanhã, quinta-feira, 95% dos voos vão ser operados.

Greve em França: voos cancelados afetam centenas em Lisboa

Mais de 60 voos cancelados nos aeroportos de Lisboa, Porto e Faro

A greve foi levantada uma vez que, no encontro, foi expressa «a gravidade e a urgência da situação». O membro do governo francês reconheceu ainda a «importância da necessidade de investimento» na área da navegação aérea.

A paragem dos controladores aéreos franceses estava marcada até domingo em protesto contra a falta de investimento na navegação aérea.