As vendas do grupo Volkswagen caíram 2,7% nos cinco maiores mercados europeus: Alemanha, Reino Unido, França, Itália e Espanha.

Os dados relativos a outubro são de um estudo de mercado da LMC Automotive, citado pela Reuters. A empresa refere ainda que a verdadeira repercussão do escândalo das emissões no grupo alemão ver-se-á em novembro, já que as entregas dos veículos ocorrem tipicamente várias semanas depois da compra.

Também em Portugal, se as contas foram feitas ao período homólogo, se verifica uma quebra de 3,2%. Mas olhando para a variação mensal, entre setembro e outubro,tirando a Skoda, que caiu 5% nas vendas face ao mês de setembro, as restantes marcas do grupo até aumentaram as vendas. 

A Volkswagen vendeu mais 11% de veículos em outubro, o que corresponde a 1.290 unidades. A Audi teve a maior subida do grupo, cresceu 24%, o correspondente a 883 unidades. A Seat viu as vendas subirem 20% num mês, ao vender 423 veículos. 

Ainda assim, o grupo cresceu menos do que o mercado total, que conseguiu um crescimento de 30% entre setembro e outubro em Portugal.