As vendas da Volkswagen nos Estados Unidos registaram um ligeiro aumento em setembro, apesar do escândalo da manipulação de emissões poluentes, anunciou esta quinta-feira o grupo automóvel alemão.

Em comunicado, a Volkswagen indicou que vendeu um total de 26.141 veículos no mercado norte-americano, contra 25.996 vendidos no mesmo período do ano anterior, um aumento de 0,56%.

A Volkswagen foi forçada a suspender a partir de meados de setembro as vendas de alguns veículos com motores a gasóleo abrangidos pelo inquérito das autoridades norte-americanas às violações de normas antipoluição.

Um dos advogados da Organização Transporte e Meio Ambiente acusou hoje a Comissão Europeia de ter sido avisada da manipulação dos motores de carros a gasóleo, por parte da Volkswagen. 

Greg Archer disse que, depois de detetadas, as irregularidades foram reportadas ao mesmo tempo às autoridades dos EUA. 

“Eles tiveram conhecimento há 18 meses destes resultados suspeitos. A única diferença é que nos Estados Unidos investigaram e encontraram a manipulação, mas aqui na Europa não aconteceu nada”, disse Greg Archer em entrevista à Euranet Plus.