As vendas de automóveis estão aumentar em Portugal. Desde o início do ano já foram vendidas 116.813 unidades.
 
Só em junho, as vendas chegaram a 24.203, mais 34,5% que no mesmo mês do ano passado.
 
À TVI, o secretário-geral da Associação do Setor Automóvel (ACAP), Hélder Pedro, explicou o que está a motivar este aumento:
 

“Cerca de 30% das vendas, portanto quase um terço das vendas, devem-se às empresas de rent-a-car. Como se sabe, tem havido um aumento do turismo no nosso país, e as empresas começaram a renovar as frotas antes do verão”, explicou.

 
As outras empresas também estão a renovar frotas e há também particulares a trocar de carro.
 

“É preciso dizer que a maioria das empresas, de rent-a-car e outras, não renovaram frotas nos últimos anos. E mesmo entre os particulares, há muita gente que não troca de carro há algum tempo. A idade média do nosso parque automóvel é 12 anos, é superior à média”, frisou.

 
Os dados da ACAP mostram que o maior aumento homólogo foi registado pelos veículos pesados: venderam-se 344 unidades em junho, mais 60% que no mesmo mês de 2014.
 
Já entre os ligeiros, os de passageiros subiram 33,9%, para 21.067 unidades vendidas, e os comerciais 36,7% para 2,792.