Pelo menos 13 mil proprietários portugueses de carros Toyota vão ser chamados para que a marca possa verificar a existência de três problemas técnicos, adiantou à Lusa fonte da empresa, assegurando que a segurança não está em causa.

Toyota chama à revisão 6,39 milhões de veículos em todo o mundo

«No mínimo 13 mil clientes em Portugal vão ser contactados por carta registada no caso de terem viaturas abrangidas», disse o responsável pelo departamento de Relações Públicas da Toyota em Portugal, António Costa.

Em causa estão os modelos Yaris, Rav4, Hilux e Urban Cruiser, sendo que o problema principal pretende reforçar de uma barra no tablier.

A situação principal tem a ver com a necessidade de reforçar a barra do tablier, «uma barra invisível, que as pessoas não veem, e que suporta alguns componentes do veículo», explicou o responsável, acrescentando que nenhuma das operações terá custos para o cliente.

Garantindo que «não existe qualquer problema de segurança», António Costa adiantou que «caso haja alguma situação com a fixação da barra, a única coisa que o condutor poderá notar é um ruído proveniente da zona do tablier».

O segundo eventual problema «prende-se com um componente chamado cabo espiral do airbag, que é um cabo que permite que o volante rode de um lado para o outro e que esteja sempre interligado com o sistema do airbag», disse.

«No caso de uma utilização muito intensiva e mediante algumas condições, esse cabo pode quebrar-se», referiu, adiantando que «o condutor é logo informado dessa situação através de uma luz que aparece no painel de instrumentos».

O terceiro problema pode acontecer na calha dos bancos, mas «apenas nos modelos de 3 portas do Yaris de segunda geração (produção de 2005/2006».

«A calha do condutor poderá ter alguma folga e, nesse caso, será substituída», concluiu António Costa

Estes três problemas técnicos e ainda outros dois que não afetam os carros em Portugal levaram a Toyota internacional a anunciar que vai chamar à revisão 6,39 milhões de veículos em todo o mundo.

«A Toyota Motor Corporation anunciou cinco deficiências que envolvem 26 modelos Toyota (...). Uma vez que alguns modelos apresentam mais do que uma falha técnica, o número de veículos que será alvo de correção é de 6,39 milhões», disse a empresa em comunicado hoje divulgado.

Entre os problemas detetados está um defeito no banco do condutor, anomalias na coluna de direção, e uma falha no motor de arranque que representa risco de incêndio, informou a Toyota.