A Toyota revelou esta terça-feira que está a testar sistemas de inflação feitos pela Autoliv e Nippon Kayaku como possíveis fornecedores alternativos à Takata.

Um porta-voz do gigante automóvel sublinhou que a Toyota quer assegurar que os sistemas de inflação são compatíveis com os veículos antes de fechar o negócio.

Segundo a Reuters, o objetivo da Toyota é comprar 13 milhões de sistemas de inflação da Nippon Kayaku para reduzir o risco dos airbags da Takata, o que tem motivo milhares de chamadas de carros à revisão.

A Toyota já usa sistemas de inflação da Daicel e quer encontrar alternativa para os sistemas de inflação da Takata, que já provocaram oito mortes e mais de 100 feridos.

Mais de 10 fabricantes de automóveis já chamaram à revisão de milhares de milhões de veículos desce 2008 devido a preocupações relacionadas com airbags.