A Toyota vai chamar à revisão cerca de 20 mil veículos devido a eventuais fugas no motor. Segundo a Reuters, a maioria são dos Estados unidos, mas também há veículos de outros países.

GM recolhe 3200 carrinhas por risco de fuga de gás

Em causa estão os modelos com o motor 2GR-FE, que incluem os modelos de 2014 Avalon, Camry, Highlander and Sienna e o modelo de 2015 Lexus RX.

O problema estará num tubo que fornece combustível ao motor que não foi bem soldado e que pode levar a uma fuga de combustível e aumentar o risco de incêndio.

A marca sublinha que não tem registo, até à data, de qualquer incidente relacionado com este defeito.

Todos os modelos afetados foram produzidos nos Estados Unidos, tirando o Lexus, que foi fabricado no Canadá. Foram exportados para todo o mundo, incluindo a Coreia do Sul, Rússia, Austrália e outras regiões da Ásia e Médio Oriente.

Os veículos serão inspecionados e o tubo será substituído, garante a Toyota.