Uma multinacional francesa do setor automóvel vai investir, até 2017, cerca de 23,4 milhões de euros numa fábrica a instalar em Arcos de Valdevez que criará 130 postos de trabalho, disse à Lusa o autarca local.

De acordo com o social-democrata João Esteves a construção da unidade de produção e comercialização de fundição injetada de alumínio para componentes automóveis vai começar «no decurso deste primeiro trimestre», devendo iniciar a laboração «durante o segundo semestre».

«Esta fábrica empregará pessoas com formação da metalurgia e da metalomecânica e, por isso, já existem contactos avançados com o polo local do Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica no sentido de ir formando as pessoas que irão estar afetas a uma parte da produção», explicou o autarca.

Segunda-feira passada, em reunião do executivo, a Câmara aprovou o reconhecimento de interesse municipal do projeto de investimento da multinacional francesa Eurocast Portugal.

«Decidimos conceder esse reconhecimento pelo facto de estarmos perante um investimento considerável que irá criar postos de trabalho diretos e indiretos e dinamizar a economia local, para além de ligar o concelho a uma plataforma industrial com grau de inovação elevado, num setor muito dinâmico», explicou João Esteves.

O projeto prevê a ocupação de uma área de terreno de 28.650 metros quadrados no parque empresarial de Mogueiras, um dos três existentes no concelho.

«Neste processo de captação deste investimento estiveram envolvidos diretores de fábricas de componentes para automóveis já instaladas no concelho e com ligação a França», disse.

Entre as vantagens concedidas pelo município, adiantou o preço «altamente competitivo» praticado pela autarquia na aquisição do terreno infraestruturado na zona industrial de Mogueiras, bem como o apoio no licenciamento da nova unidade, e ainda «os benefícios fiscais decorrentes do investimento em Portugal».