Já há um nome apontado para suceder a António Melo Pires na liderança da Autoeuropa. Chama-se Miguel Sanches, já foi superintendente da fábrica de Palmela e vem do México, sabe a TVI. O anúncio oficial será feito esta quinta-feira.

Ao fim de cinco anos, António Melo Pires, o único português que chegou à liderança da Autoeuropa vai deixar a fábrica portuguesa para passar a ser vice-presidente de produção da Volkswagen para a América do Sul. 

António Melo Pires deixa uma fábrica, onde conseguiu manter a paz social, com um investimento em curso de quase 700 milhões de euros. Este ano, a fábrica de Palmela foi mesmo considerada a melhor do grupo Volkswagen em termos de eficiência, espírito de equipa, qualidade e inovação. 
  
Melo Pires transitou, em 2003, para a Volkswagen Navarra em Espanha, com as mesmas funções, e em janeiro de 2006 para a Volkswagen do Brasil. Foi primeiro colocado como diretor de produção na fábrica Volkswagen Anchieta, em São Bernardo do Campo, no estado de São Paulo. Em junho de 2007 foi designado diretor da fábrica de Curitiba, no Estado do Paraná, onde esteve até 2010. Regressou a Portugal, em setembro do mesmo ano, para assumir as funções de diretor geral.