O fabricante japonês de airbags Takata vai declarar potencialmente defeituosos quase 34 milhões de veículos nos Estados Unidos da América, escreve o New York Times.
 
Estes airbags pode explodir violentamente quando são acionados. Há seis mortos e mais de 100 feridos ligados a airbags defeituosos da marca nipónica.
 
Os problemas dos airbags da marca já existem há pelo menos 15 anos. A agência de segurança norte-americana abriu uma segunda investigação aos airbags.
 
Na semana passada, marcas como a Honda, Toyota e a Nissan chamaram à revisão mais de 11,5 milhões de carros em todo o mundo.