A fabricante de automóveis Daimler, dona da Mercedes e Smart, obteve um lucro líquido de 2,4 mil milhões de euros no terceiro trimestre, menos 15% do que em igual período do ano passado, anunciou hoje a empresa.

No entanto, conforme explica a empresa alemã, as vendas bateram recordes e o lucro do ano passado teve um encaixe extraordinário de mil milhões de euros com a venda de uma participação dos sistemas de energia da Rolls-Royce.

As vendas mostram, segundo os analistas, que a Daimler conseguiu até agora "manter-se acima da turbulência gerada pelo escândalo das emissões da conturbada Volkswagen". (Corrige o primeiro parágrafo da notícia, acrescentando "terceiro" ao trimestre e retirando "quinta-feira")