As autoridades alemãs exigiram esta quinta-feira à Volkswagen (VW) que chame às oficinas de forma obrigatória e imediata 2,4 milhões dos 2,8 milhões de veículos afetados pela fraude nas emissões poluentes.

A Agência Federal de Veículos a Motor (KBA, sigla em almeão) recusa assim a solução voluntária proposta pelo grupo Volkswagen para sanar a manipulação dos testes de emissões poluentes, um plano enviado na quarta-feira passada às autoridades alemãs.

"Exigimos uma chamada às oficinas para a reparação", afirmou um porta-voz da KBA à revista alemã Der Spiegel, citado pela Efe.


Fabricante 'a braços' com indemnizações


Nove em cada dez proprietários de automóveis VW com motores diesel afetados pelo escândalo da manipulação das emissões poluentes no Reino Unido consideram que devem receber uma indemnização, segundo uma sondagem revelada hoje.

Em setembro, o grupo VW informou que no Reino Unido existem 1.189.906 veículos com motor 'diesel' EA 189 EU5, afetados pela manipulação de dados de emissão de gases poluentes.

Uma sondagem conduzida pelo grupo “Which?”, dedicado à proteção do consumidor britânico, indica que 90% dos proprietários destes automóveis, fabricados entre 2008 e 2015, considera que a empresa deveria pagar uma indemnização.