Foi adiada a audição da responsável da KPMG, Inês Viegas, na comissão de inquérito ao BES / GES. Estava agendada para esta quinta-feira. Foi remarcada para dia 28 de janeiro, ou seja, a próxima quarta-feira, segundo fonte parlamentar.

A audição será às 16 horas. Estava agendado, para esse horário, o contributo do responsável de compliance do BES e ESFG e administrador do ESFG. Mas João Filipe Carvalho Martins Pereira será ouvido noutro dia, ainda por definir.

Inicialmente, a audição da responsável da KPMG estava prevista para as 16 horas desta quinta-feira. Depois, foi adiada para as 19h, mas o prolongamento da sessão plenária que está a decorrer esta quinta-feira, ditou o cancelamento, decidido em reunião de coordenadores. Estão a decorrer votações, o que torna os trabalhos sempre mais demorados.

Recorde-se que da KPMG já foi ouvido o presidente da auditora, Sikander Sattar, por duas vezes: uma enquanto presidente da KPMG Portugal e, outra, enquanto presidente da KPMG Angola, à porta fechada.  

Ao todo, desde o dia 17 de novembro do ano passado, já prestaram o seu contributo 29 pessoas. A lista que os deputados querem ouvir inclui mais de 100 intervenientes, sendo que o que o regulamento prevê é que a comissão dure 120 dias, isto é, quatro meses.