A Fatura da Sorte vai deixar de premiar os vencedores com automóveis Audi, substituindo o prémio por Certificados de Aforro.

A decisão foi tomada esta quinta-feira em Conselho de Ministros, que justifica a decisão porque “a natureza do prémio até agora utilizado não era a mais adequada”.

“A mudança do prémio para títulos de dívida destinados à poupança, para além de se traduzir numa simplificação dos procedimentos, tem ainda a virtualidade de estimular o aforro das famílias e promover os produtos de poupança do Estado”.

Os carros até agora sorteados tinham um valor aproximado de 40 mil euros, valor aproximado que será entregue agora em certificados de aforro.

O sorteio Fatura da Sorte foi criado pelo Governo liderado por Passos Coelho para incentivar os contribuintes a pedirem fatura, auxiliando no combate à fraude e evasão fiscal.

Em 2015 foram sorteados 52 automóveis de gama alta e no final do ano foram ainda sorteados três automóveis Audi A6 no sorteio extraordinário, de 30 de dezembro.