O Banco Comercial Português (BCP) terminou esta sexta-feira o processo de avaliação de cenários estratégicos para o ActivoBank, que decidiu manter no grupo devido à sua capacidade para gerar valor, divulgou o banco em comunicado.

De acordo com um comunicado publicado na página da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) na internet, o BCP "concluiu hoje o processo de avaliação de vários cenários estratégicos para valorização do ActivoBank, o banco ‘online’ de referência em Portugal".

O banco informou da sua decisão "pela manutenção do ActivoBank no perímetro do Grupo BCP em função da sua capacidade de geração de valor no contexto da evolução esperada para o modelo de negócio bancário do BCP".

O BCP tinha anunciado há um mês que ia vender o ActivoBank à gestora de fundos ‘private equity' Cabot Square Capital, com quem estava em negociações, caso fosse conseguido um entendimento entre as partes.

No final de março, o BCP informou, em comunicado à CMVM, que tinha selecionado a Cabot Square Capital para negociar, "com caráter de exclusividade", a venda do seu banco ‘online’ Activobank.

O ActivoBank teve em 2015 lucros de 33 milhões de euros, que comparam com os cinco milhões de 2014.

O BCP tinha já lançado a operação de venda do ActivoBank no ano passado, mas interrompeu-a em outubro devido a questões técnicas relacionadas com as relações dentro do grupo, tendo retomado este processo no decorrer deste ano.