Doze pessoas foram detidas em Londres por suspeita de terem criado uma rede para tentar aceder aos computadores do banco Santander com o objetivo de roubar o banco, anunciou a polícia londrina.

As forças da ordem detiveram onze homens entre os 23 e os 50 anos em Hounslow, e na ponte de Vauxhall, nos arredores da capital britânica.

A polícia classificou o ataque como "audaz", uma vez que os suspeitos conseguiram colocar um dispositivo num dos computadores, a partir do qual podiam controlar todos os computadores de uma sucursal do banco em Surrey Quays, no sudeste de Londres.

«Não é claro ainda se foi retirado dinheiro, mas teremos mais informações à medida que a investigação continua», disse hoje um porta-voz da polícia, citado pela agência EFE, que não deu detalhes nem sobre o esquema nem sobre a identidade dos detidos.