A CGTP vai estar a manifestar-se esta terça-feira, frente ao Parlamento, na altura da votação final do Orçamento do Estado para 2014. Mas as concentrações estão previstas um pouco por todo o país. Só em Lisboa, e antes de rumarem a São Bento, os manifestantes estarão a partir das 10:00 no largo da Estrela, largo do Rato, largo de Santos, largo do Camões e largo Trindade Coelho.

Arménio Carlos, o líder da central sindical, prometeu que a manifestação irá ficar longe dos degraus da escadaria da Assembleia da República, numa alusão à manifestação das forças de segurança, que acabaram por forçar o cordão policial e subir até à porta da AR.

Para além de se manifestarem contra o OE 2014, os sindicalistas prometem palavras de ordem a favor do aumento do salário mínimo nacional, com a CGTP a iniciar esta segunda-feira um movimento a favor desse aumento. Arménio Carlos lançou o desafio aos patrões, que já se mostraram disponíveis para aumentar o salário mínimo nacional.