A eurodeputada Liliana Rodrigues, do PS, questionou hoje a Comissão Europeia na sequência de declarações do presidente da ANA – Aeroportos de Portugal, Jorge Ponce Leão, que acusou as companhias TAP e easyJet de “cartelizarem" a oferta da Madeira.

Em entrevista concedida na quinta-feira ao Negócios, o presidente da ANA defendeu a necessidade de surgir “um terceiro operador que possa competir com a easyJet e a TAP, que cartelizaram a oferta da Madeira, para fazer cair as tarifas”, declarações que a eurodeputada considera “muito sérias, mais ainda vindas de quem vêm”.

Por isso mesmo, são razão mais do que suficiente para interpelar a Comissão Europeia, nomeadamente a Comissária Margrethe Vestager, responsável pela Concorrência, no sentido de se averiguar da veracidade das declarações do presidente da ANA e interceder junto da Autoridade da Concorrência, da Autoridade Nacional de Aviação Civil ou de outras autoridades competentes", sustenta Liliana Rodrigues.

Nesse sentido, a deputada eleita pelo PS/Madeira pergunta à Comissão Europeia “que diligências tenciona tomar no sentido de averiguar o conteúdo das referidas declarações, salvaguardar a transparência do processo concorrencial na Região Autónoma da Madeira e assegurar tarifários justos e a preços acessíveis”.

Na sequência da entrevista, também o grupo parlamentar do PS na Assembleia da República formalizou um requerimento para uma audição ao presidente da ANA.