Portugal foi distinguido com o prémio anual da Associação de Editoras e Revistas Alemãs por ser considerado “um exemplo surpreendente” de “êxito para sair da crise financeira”, anunciou esta sexta-feira o ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete.

A organização justifica a escolha de Portugal destacando o “exemplo surpreendente de um caminho de êxito para sair da crise financeira, através de reformas políticas e económicas”.

O país “é especialmente um bom exemplo para a força e os valores da comunidade europeia”, considera a associação alemã, que representa mais de 400 editores e seis mil publicações.

O Prémio Golden Victoria Europa 2015, que é considerado o maior evento alemão na área dos media, será recebido na próxima segunda-feira pelo ministro Rui Machete, em Berlim.

Fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros adiantou à Lusa que a atribuição desta distinção a Portugal “contribui para aprofundar ainda mais os laços bilaterais” entre Portugal e a Alemanha, sendo igualmente uma forma de Lisboa “projetar a sua imagem de credibilidade na Europa e também de mostrar como a recuperação económica e financeira do país é vista no mundo”

“Trata-se, naturalmente, de uma distinção que muito honra Portugal, por se tratar do reconhecimento de um percurso de sucesso no quadro europeu assente na responsabilidade, determinação e espírito de sacrifício dos portugueses, e que teve o apoio dos parceiros europeus”, referiu a mesma fonte do Palácio das Necessidades.

Na entrega do prémio, ao final da tarde de segunda-feira, em Berlim, será lida uma mensagem do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, estando igualmente prevista uma intervenção do comissário europeu para a Economia e Sociedade Digitais, Günther Öttinger.