O ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, disse hoje que sem um programa de reformas não é possível "ajudar a Grécia" dentro da zona euro.

"Não há espaço para ajudar a Grécia sem um programa", afirmou o responsável pelo tesouro alemão, à entrada para o Eurogrupo.


Este encontro antecede a cimeira do final a tarde, que reunirá os chefes de Estado e de Governo dos países que partilham a moeda única e que servirá para perceber o caminho a seguir em relação à Grécia após o claro 'não' dos gregos no referendo no domingo às últimas propostas dos credores.