O volume de contratos de obras públicas feitos em 2013 baixou 10% para 1,33 mil milhões de euros, segundo dados divulgados hoje pela Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN).

De acordo com o balanço feito pela associação, a redução do volume de contratos de empreitada celebrados e declarados pelos donos de obra foi similar tanto ao nível dos ajustes diretos, como dos concursos públicos celebrados, tendo ambos os casos apresentado uma redução de 16% no ano passado, totalizando 430 milhões de euros e 777 milhões de euros, respetivamente.

Os restantes 121 milhões de euros dizem respeito a 28 concursos limitados com prévia qualificação.

Já os concursos de obras públicas que foram lançados em 2013 cresceram 1%.

A AICCOPN salienta que o total de contratos celebrados corresponde a 53% do total de concursos lançados.

«Desta forma, em apenas 12 meses, o diferencial entre obras promovidas e celebradas eleva-se a mais de 780 milhões de euros», refere a associação.