A agência de notação financeira DBRS desceu a notação de longo prazo do Montepio, de ‘BB+’ para ‘BB’, mas melhorou a perspetiva, de ‘negativa’ para ‘estável’, comunicou hoje a instituição bancária.

“A Caixa Económica Montepio Geral (CEMG) informa que a (…) DBRS anunciou a revisão da notação de longo prazo da CEMG para ‘BB’, de ‘BB(high)’[alto], com o Outlook a melhorar de negativo para estável”, segundo o texto colocado no sítio da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários na internet.

Aquelas revisões, segundo a DBRS, citada pelo Montepio, deveram-se ao “contexto de baixas taxas de juro, da fraca recuperação económica em Portugal e do complexo enquadramento regulamentar”.

Mas, por outro lado, também se adiantou que “a notação atribuída à CEMG continua a refletir o seu sólido ‘franchise’, a sua leal base de clientes e a resiliência dos seus fundamentos (…)”.