Os trabalhadores da Groundforce no aeroporto de Lisboa cumprem esta sexta-feira uma nova greve.
 
A paralisação teve início às 09:00 e prolonga-se até às 14:00 e pode mesmo provocar atrasos em alguns voos.
 
Os trabalhadores marcham depois em protesto até ao edifício da administração da TAP.

Na base do protesto e da marcha estão os horários que os funcionários consideram penalizadores, as abusivas trocas de horário e a precariedade no trabalho, assim como a falta de atualização dos salários desde 2008.
 
A Groundforce garante que todos os compromissos assumidos para 2015 estão a ser cumpridos, sublinhando a possibilidade de uma negociação salarial.