A produção automóvel caiu 20,3% em março, em relação ao mesmo mês do ano passado, com um total de 12.934 veículos automóveis produzidos, divulgou a Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

De acordo com uma nota de imprensa da ACAP, este valor da produção situa-se 18,2% abaixo da produção média registada nos meses de março dos últimos cinco anos, que foi de 15.805 veículos.

«Esta evolução negativa da produção no mês de março foi determinada pelo decréscimo do fabrico de veículos ligeiros de passageiros (-28,2% ), pois a produção de veículos comerciais cresceu 2,2% e a de veículos pesados cresceu 88,4%, face ao ano anterior», esclareceu a ACAP.

Do total de veículos produzidos em março, destinaram-se à exportação 12.583 veículos, o que corresponde a 97,3% da produção nacional e menos 20,2% do que as exportações no mês homólogo do ano anterior.

No primeiro trimestre deste ano foram produzidos 40.165 veículos automóveis, ou seja, menos 9,7% que no mesmo período do ano passado.

Destes, 29.440 foram veículos ligeiros de passageiros (menos 7,4%), 9.797 foram veículos comerciais ligeiros (menos 18,4%) e 928 foram veículos pesados (mais 41%).

As exportações neste período ascenderam a um total de 31.503 veículos, ou seja, mais 3,1% do que no período homólogo.

A Europa absorveu 82,1% das exportações portuguesas de veículos automóveis no primeiro trimestre do ano, o que corresponde a mais 3,17 pontos percentuais que no mesmo período do ano passado.