Em abril chegou o anúncio, agora a formalização do acordo que levará a TAP a ser a primeira a estrear o novo Airbus 330 à escala mundial e, ao mesmo tempo, a sua nova tecnologia Airspace.

O acordo já foi assinado, segundo a Reuters, sendo que está previsto que as aeronaves entrem ao serviço para o ano que vem.

"Estamos extremamente orgulhosos de sermos a primeira companhia aérea a voar no espaço aéreo com o Airbus cabine no novo A330neo. (...) A Airspace cabine do espaço aéreo é uma tela emocionante e flexível sobre a qual podemos projetar a marca TAP", congratulou-se o diretor comercial da empresa, Trey Urbahn.

Também a Airbus, pela voz do seu vice-presidente na área do marketing, François Caudron, se mostrou "muito satisfeito" em confirmar que a TAP se tornará a primeira companhia aérea a itestarno espaço aéreo o novo Airbus e a sua mais recente tecnologia associada.

A inovação agrega quatro pilares: conforto, ambiente, serviços e design. O que inclui? 

Nova área de boas-vindas
Sistema de iluminação LED com 16,7 milhões de variações de cores possíveis
Mais espaço para a bagagem de mão
Sanitários redesenhados 
Conectividade de última geração

Pode ver o vídeo associado a este artigo para melhor assimilar o que descrevemos aqui. E há ainda outros pontos fortes do A330neo:

Motores Rolls-Royce Trent 7000
Melhorias aerodinâmicas
Redução do consumo de combustível em 14% por assento

 A relação comercial entre a Airbus e Portugal remonta a 1987, quando TAP encomendou três aviões A310 da Airbus. Hoje, a transportadora aérea é dos principais clientes, com 61 aeronaves a operar atualmente, sendo que 43 delas são os A320.