A SATA efetua hoje pelas 19:00 a última ligação entre as ilhas da Madeira e Porto Santo, sendo substituída a partir de quarta-feira pela companhia AeroVip que vai operar nesta linha nos próximos cinco meses.

A 06 dezembro o Grupo SATA informou ter rejeitado o convite do Governo para prorrogar o atual contrato de concessão da linha aérea, celebrado por três anos, entre as duas ilhas do arquipélago da Madeira por considerar que o valor da indemnização compensatória é «manifestamente insuficiente».

Devido a esta situação, o Governo negociou uma «solução intermédia» para assegurar esta linha aérea, passando a Aerovip a operar a partir de 01 de janeiro e até 30 de maio de 2014, anunciou o deputado do PSD eleito pelo Porto Santo, Roberto Silva, no início de dezembro.

O deputado insular realçou que esta situação irá decorrer em paralelo com o concurso de concessão desta linha e que a «AeroVip vai assegurar o mesmo número de voos que a atual companhia vinha efetuando».

«A 01 de junho a Secretaria de Estado dos Transportes espera ter já a operar a companhia que irá ganhar o concurso de concessão da linha Porto Santo-Funchal», vincou Roberto Silva.

Assim, a partir de quarta-feira a Aerovip vai efetuar três voos diários entre a Madeira e o Porto Santo utilizando um aparelho Donner 228, um duplo-turbo hélice com capacidade para 19 passageiros.

As partidas do Aeroporto da Madeira acontecem às 07:30, 15:50 e 21:20.