O nível de atividade na reabilitação urbana em Portugal registou um crescimento de 24,1% em junho, em termos homólogos trimestrais, segundo o barómetro da Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN).

“A reabilitação urbana termina o segundo trimestre de 2017 com crescimento acentuado no nível de atividade”, apurou o barómetro da associação AICCOPN, citado pela Lusa, indicando que se verificou igualmente um aumento da carteira de encomendas.

O indicador que mede a evolução da carteira de encomendas volta a apresentar um crescimento bastante significativo no período em análise, com uma variação de 46,8%, em termos homólogos trimestrais".

Já a produção contratada em meses “fixou-se em 7,4 meses, o que, não obstante representar uma queda face ao mês anterior, traduz um aumento de 17,1%, em termos homólogos”.

Fundada em 1892, a AICCOPN é uma associação de âmbito nacional, que representa cerca de 8.000 empresas do setor da construção civil e obras públicas.