A produção industrial do Japão diminuiu 2,3% em fevereiro, face ao mês anterior, refletindo o primeiro recuo em três meses, informou o Governo nipónico.

Em termos anuais, verificou-se, porém, um aumento de 6,9%, de acordo com os dados publicados pelo Ministério da Economia, Comércio e Indústria.

O recuo em termos mensais figura como um revés inesperado,

dado que os analistas apontavam para uma subida da produção industrial em fevereiro antes da entrada em vigor do aumento do IVA de 5 para 8% no Japão, a 01 de abril.

Segundo um inquérito realizado junto de empresas nipónicas por parte do ministério, citado pela Efe, o índice de produção industrial deverá avançar 0,9% este mês, mas sofrer um retrocesso de 0,6% em abril.

O índice da produção industrial, que mede o ritmo das fábricas japonesas, é considerado chave para antecipar o desempenho da economia do país, fortemente dependente do setor manufatureiro.