As vendas a retalho em Espanha caíram 2% em julho face ao mesmo mês de 2012, somando 37 meses consecutivos de recuos homólogos, segundo os dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) espanhol.

A queda das vendas verificada no mês passado é quase cinco pontos base menor do que a registada em junho quando o comércio a retalho recuou 6,9%.

Eliminados os fatores sazonais, a queda nas vendas é ainda maior, de 3,8%, embora menor que a registada em junho, quando recuou 4,9%.

Apenas as grandes cadeias de comércio a retalho aumentaram as suas vendas (1,4%), tendo as grandes superfícies caído 3,7%, as pequenas 3,2% e as lojas únicas recuado 2,4%.

O emprego no setor caiu 1,7% no período analisado.