O crescimento económico dos Estados Unidos no segundo trimestre foi revisto ligeiramente em alta para 4,2% em ritmo anual, de acordo com uma segunda estimativa do Departamento do Comércio publicada hoje.

Estes dados confirmam que o ritmo de crescimento é o mais forte em quatro anos, com um impulso significativo do investimento empresarial que compensou um gasto no consumo ligeiramente mais lento.

Entre abril e junho, a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano atingiu 4,2%, uma décima acima do que tinha sido indicado na primeira estimativa. Este ritmo representa uma aceleração em relação ao crescimento de 2,2% do primeiro trimestre e a cadência mais forte desde o terceiro trimestre de 2014.