A Toyota Portugal também vai ter que chamar carros da marcas afetados por alegados novos problemas detetados na envolvente dos airbags. Em causa pode estar um defeito que leva o inflador - o encapsulado metálico em que se aloja o airbag - a sair projetado no caso de ativado o airbag, noticiou a Reuters.

O fabricante automóvel japonês Toyota Motor vai chamar à revisão mais de 1,43 milhões de veículos em todo o mundo. Os modelos que vão voltar às oficinas são os híbridos Prius, Prius PHV e Lexus CT200h fabricados entre 2008 e 2012.

À TVI,  fonte oficial da marca em Portugal disse que, no caso português são 945 carros. Em concreto 713 Toyota Prius e 232 Lexus CT200h.  Os modelos envolvidos são Prius (3ª geração), produzidos entre outubro de 2008 e abril de 2012 e Lexus CT200h produzidos entre agosto de 2010 e abril de 2012.

"Dentro dos próximos dias, a Toyota Caetano Portugal vai contatar diretamente os clientes de viaturas envolvidas para que, mediante a sua disponibilidade, se desloquem com as viaturas à rede oficial de concessionários Toyota. A verificação e intervenção nas viaturas não terá qualquer custo para o cliente", diz o comunicado oficial.

 

 

.