O Citigroup adquiriu 3.753.415 títulos do Banco Espírito Santo (BES), o chamado 'banco mau' resultante da intervenção do Banco de Portugal no ex-BES, num negócio realizado fora do mercado regulamentado. O anúncio foi feito esta sexta-feira pela entidade portuguesa.

"A aquisição resultou de uma transação ocorrida a 21 de maio de 2015", lê-se no comunicado que está disponível na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), que especifica que o negócio foi conduzido por uma participada do Citigroup, a Citigroup Global Markets Limited.

Após esta operação, cuja identidade do vendedor se desconhece, a entidade norte-americana passou a deter uma posição total de 113.262.901 ações do BES, a que se somam contratos 'swap', correspondentes a uma participação qualificada conjunta de 2,0137%.